FELIZ NATAL!

By | 19 de dezembro de 2021

O Sonho do Coração

(Máximo Ribera)

CARÊNCIA DE AMOR
É bom ver o quanto o povo fica feliz com a aproximação e a chegada do Natal. Quando temos uma situação mundial de pandemia que ameaça a sobrevivência, a felicidade e a liberdade, o Natal surge como um sinal dos deuses nos apontando o Cristo como salvador desta situação coletiva e individual. Já não importa o consumismo; importa expressar afeto, trocando presentes entre nós. Estamos ávidos por gestos de amor.

DE MÃOS DADAS
O povo se une neste tempo e cria grupos de ajuda para aqueles sem recursos que estão precisando de cesta básica para comemorar o Natal. É o tempo em que aflora o melhor de nós, e a motivação é o nascimento do Cristo. Todos de mãos dadas vibram e suplicam por melhores dias.
BANDEIRA BRANCA
Estão se confraternizando parentes, amigos e, muitas vezes, em campos de batalhas interrompeu-se a monstruosidade da guerra à meia-noite do dia de Natal, para retornar feroz no dia seguinte. Este sinal, esta bandeira branca, poderia ser respeitada sempre, em nosso dia a dia, sem precisarmos do Natal para se fazer a paz na vida diária.
NATAL INTERIOR
O intervalo que criamos em nome do Natal revela que há esperança para nossa humanidade; e ao voltarmos nosso olhar para essa esperança, ela crescerá na certeza de que há dentro de nós, de cada um de nós, um Natal especial individual: há um menino Deus à espera de atenção, à espera de um intervalo no corre-corre do dia a dia, para aflorar dentro de nossa alma e iluminar nossa vida para sempre.
Podemos nos abraçar sim. Se não com os braços, vamos nos abraçar com as asas de sonho do coração!
Feliz Natal, companheiros!
Paz e Cristo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.