Decálogo da Cordialidade

By | 17 de outubro de 2021
Ilustração: Luiz Goulart

1. Não tente mudar o temperamento de ninguém;

2. Aprenda a esperar, sem alimentar com a ansiedade o problema existente;

3. Não conte demais seus ressentimentos às pessoas afins e jamais o faça aos estranhos;

4. Resista ao máximo, sem implorar auxílio. Recebendo-o ou não, agradeça sempre;

5. Não obrigue ninguém a nada, mesmo que a posição permita a você tudo exigir. Peça por favor e espere;

6. Fale pouco, interrogue o menos possível e não sofra se não responderem;

7. Sorria, mesmo contrariado em seu modo de ver e sentir, sem criticar seu próximo;

8. Ajude desinteressadamente;

9. Não exagere as felicitações e as condolências;

10. Não use os erros passados como argumento nas discussões presentes. Do passado, escolha o bem e viva o presente como dádiva da Vida.


Fonte: Livro de Luiz Goulart – O Caminho da Paz Interior, 1999 / 5ª edição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.