Autorrealização em Cristo

By | 27 de agosto de 2021

Trecho de palestra de Luiz Goulart
em 03/07/1982

Nós somos uma lanterna que guarda em si a luz que poderá transformar-se em imensa claridade. Comumente seus vidros estão embaciados pelas nossas dúvidas, completamente escurecidos quando odiamos. Essa lanterna está sendo apagada pelo medo da morte, da solidão – medo que revela a falta da luz interior. Então, começamos a nos sentir mal por nosso próprio descaso.

Essa Partícula Vital que está em nós só funciona bem se temos Paz de Consciência. É, pois, necessária a recapitulação de nossa existência para começarmos a limpar os vidros de nossa lanterna.

Tiremos um dia para perguntar a nós mesmos: “Porque estou mal? Porque fiz isto, aquilo?” Quando essa positividade se faz ampliamos nossa Energia Vital e entramos em harmonia, sentindo a Paz de Cristo.

Quando não contivermos mais a chama, iluminaremos! Isso é Amor! A nossa lanterna tão límpida, por onde passar fará dia. Eis o que vai definir o estado de autorrealização de um indivíduo. O Ser autorrealizado é o que possui absoluta autoconfiança; iluminado, pois seguiu o conselho de Cristo e colocou a lanterna no alto iluminando tudo.

Nada mais vai ter importância para quem está com o Cristo e consegue luz em seu interior. Nada suplanta o poder de amar, e só o Cristo em nós nos permite amar. Só posso amar como meu Mestre se tiver uma partícula dele em minha alma. É Cristo que ama por meu intermédio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.