Fraternidade Universal

By | 13 de setembro de 2021
Ilustração: Luiz Goulart
Texto: Mensagem de Luiz Goulart
Publicação semanal
Agosto / 1983

Os esforços desprendidos pelos seres superiores, quer através das artes, das ciências, das filosofias e religiões, é sempre desenvolvido no sentido de, pela educação moral e espiritual, conduzir os povos ao nível da Fraternidade. Daí sofrerem tanto os Idealistas! Impõem-se a si mesmos a imensa tarefa de fornecer meios para que os indivíduos tirem as arestas e as imperfeições da alma e do corpo. Pois assim, como só os tijolos iguais se juntam com exatidão, do mesmo modo só a igualdade moral e cultural entre os seres pode formar o Edifício da Fraternidade.

Taxados de loucos ou visionários, os gigantes trabalham, sem esmorecimento. Quantos deram a própria vida? Milhares, por certo. O símbolo do calvário é o ponto áureo da luta em prol da fraternidade. Todos os ensinamentos de Jesus estão calcados no enunciado do Amor Fraterno que precisamos ter para atingir o Reino de Deus – o único Pai da Irmandade composta de tantos filhos quantos são os habitantes da terra.

Baseadas nesses princípios superiores, as grandes luzes há muito vêm lutando para formar o núcleo da Fraternidade Universal da Humanidade, sem distinção de raça, sexo, casta ou crença. Na verdade, só acharemos louvável o nome de “Civilização Cristã” quando a fraternidade for a conduta natural da vida entre os homens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.