A Ilusão da Permanência

By | 27 de abril de 2021


Tudo está passando como num sonho – porque a existência nada mais é do que um sonho. Pobre de quem a toma como única realidade… Na verdade, nenhuma das coisas que julgáramos definitivas, ficaram: todas passaram.
Os seres humanos são bem o retrato dessa mudança irrevogável: não são, nem serão os mesmos de vinte anos atrás. O problema é que nos habituamos a nos ver como criaturas integrais, que jamais precisarão de mudanças: “Eu sou assim…”
Mas alguém perguntou: “E quando o céu se tornou azul, tu foste o mesmo? Quando aquele perfume de rosas te envolveu, foste o mesmo? E ainda foste o mesmo quando teu primeiro filho nasceu?” – a criatura, que se julgava um todo de permanência, baixou os olhos, pensativa…
Vivendo a Personalidade, esquecemo-nos da Essência única, que não se mistura com as múltiplas formas do baú da existência… E, no entanto, deixamos de lado o que é permanente, para estarmos em meio à mutabilidade.
Assim é a natureza humana. Poucos são os que se desligam, por um momento, de si mesmos e dos outros diariamente, para viverem esse estado superior de consciência, onde se revela o verdadeiro Ser.

(Luiz Goulart)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *