Uma Viagem Encantada

By | 21 de outubro de 2017

Máximo Ribera

(Reúna os amigos, recoste no sofá, feche os olhos e sonhe)

Vamos fazer um passeio?
Nossas almas serão o tapete mágico…

Iremos às mansões dos Devas,
Conhecer a fonte das cores
E das mais belas expressões
da natureza.

Te apresentarei às diáfanas filhas
Da mãe deva, que constroem
o aveludado das flores,
E suas irrequietas irmãs,
Que salpicam o colorido
Dos jardins que tanto amamos.

Ouvirás os transparentes pássaros cantores,
Que com suas melodias inaudíveis
Conservam vivas as melhores recordações
De nossas vidas.

Depois vem a mansão
Das réplicas felizes,
Onde todas as maravilhas
De tua alma se espelham.

Podes esponjar agora
As maravilhas que quiseres
E trazê-las ao teu dia a dia,
Como lembrança feliz
De uma viagem encantada.

(O tapete mágico retorna em pouso suave,
No acolchoado macio da mente tranquila.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *