Pausa Necessária

By | 4 de fevereiro de 2019
(Luiz Goulart)
Parar de vez em quando no caminho
É bom pra quem precisa meditar.
Esse doce momento mais tranquilo
Nos faz a experiência recordar.

A Natureza é mãe e grande sábia:
Nos faz dormir ao terminar o dia.
Se não fosse o repouso que ela impõe,
Toda ave seu gorjeio perderia…

A estrada fica longa e cansativa
Se não usamos a contemplação:
Bem inertes, à beira do caminho,
Deixando a mente solta na amplidão.

Tudo é questão de sempre ritmar
O fôlego de nossas energias.
Nunca logra total sabedoria
Quem não une o saber às fantasias,
Como faz a criança no recreio
Na pausa da lição dos professores.
Assim também pra nós, experientes,
A pausa de sorrir traz seus louvores.

Sem termos o intervalo dessa luta
Que expõe o ser à busca do alimento,
O riso morreria em nossa boca
E o pranto verteria o sofrimento.

A pausa é útil e sempre necessária;
Mormente a pausa da reflexão.
Deixar que silencie a nossa boca
Traz o descanso e a paz ao coração.