Ao Mestre, com Amor

By | 2 de setembro de 2018

Neste aniversário de nascimento de nosso saudoso amigo e instrutor Luiz Goulart (1920–2002), gostaríamos de avaliar em nós os efeitos de seus ensinamentos. Será que valeu a pena o sacrifício de uma vida inteira apontando o caminho para a Paz? Quantas vezes por dia somos pacifistas? Já conseguimos perdoar, abraçar nossos desafetos, “oferecer a outra face”?
Temos a impressão de que todo mensageiro da Luz gostaria de saber se seu trabalho valeu a pena. Como eu era quando conheci esta Mensagem? Melhorei meu comportamento, tornei-me mais generoso, mais condescendente? Já reconheço a Humanidade como uma só família?
Então vamos nos dar as mãos mentalmente e cantar uma suave canção de agradecimento. Luiz Goulart, que sempre nos deixou tantas mensagens, receberá esta mensagem agora, traduzida no perfume de nossa gratidão.

Máximo Ribera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *